Recursos aumentam, mas indicadores não avançam


A professora Sofia Lerche Vieira, ex-secretária da Educação no governo Lúcio Alcântara, me contou certa vez uma história que a fez refletir sobre o modelo e as contradições que marcam a educação no país. Segundo ela, ao ter acesso aos indicadores da área em determinado município pobre do Ceará, constatou que havia grande diferença entre duas escolas bem próximas e que recebiam praticamente a mesma quantidade de recursos. O fato chamou atenção e despertou-lhe o interesse em saber porque o resultado era tão gritante. Ao se deter nessa análise, a então secretária começou a entender que pequenas ações e iniciativas inovadoras desenvolvidas na escola eram capazes de despertar a autoestima nos corpos docente e discente, com reflexos diretos no aprendizado.

Na verdade, muito mais do que o método de ensino, a prática cotidiana fora da sala de aula era que fazia a diferença. O exemplo pode parecer uma gota de água no oceano, mas me veio a lembrança ao ler este mês a informação segundo a qual o Brasil foi, entre 34 países listados pela Organização de Cooperação e Desenvolvimento Econômico (OCDE), o que registrou o maior crescimento no investimento por cada estudante dos ensinos fundamental e médio: houve aumento de 121% nos recursos entre 2000 e 2008. Vejam portanto, que nos últimos oito anos o aumento de recursos foi considerável.

Para se ter ideia, os gastos com ensino subiram de 3,5% do PIB em 2000, para 5,3% em 2008, apesar de ficar abaixo da média dos países avaliados pela OCDE, que é de 5,9%.. É bem verdade que ainda há muito a se fazer até pela carência histórica acumulada nos últimos anos e, para isso, dinheiro é fundamental. O próprio estudo da OCDE aponta que o Brasil possui alto número de jovens até 15 anos com dificuldades de leitura, em contraponto ao aumento de recursos no setor. Os números, todavia, revelam que não bastam mais recursos para se obter o padrão desejado. Mesmo com o aumento de 121% de investimento na área no país, o que melhoramos em termos de indicadores?

A complexidade do sistema educacional brasileiro, portanto, requer bem mais, para efeito de análise, do que a tese reducionista de que basta ampliar o investimento. Muitas vezes, mais do que esclarecer, isso serve para justificar fracassos. É fato que se investe menos do que o necessário, mas o velho e cansado discurso de que a falta de dinheiro responde por tudo, precisa ser encarado de outra forma. No caso específico do Ceará e de Fortaleza, os efeitos dos recentes embates entre professores e governo, são capazes de gerar muito mais reflexo negativo do que uma grande quantia de dinheiro investido na educação é capaz de proporcionar melhorias. É nesse aspecto que exemplos como os da pequena cidade cearense funcionam muito bem como antítese.

Quem se apresenta?
A greve dos professores estaduais revelou, apesar da ampla maioria na Assembleia, uma falha grave na articulação política do governo Cid Gomes. A possível paralisação, que desde agosto já surgia como ameaça, não mereceu por parte do Governo a devida atenção no seu início. Talvez por achar que os docentes estaduais fossem mais fáceis de controlar do que os professores municipais, o problema foi sendo empurrado com a barriga, sob a aposta de que a greve não se consumaria. O que o governo não contava era com a possibilidade do movimento crescer e ganhar corpo, resultando em momentos de radicalização. Faltou a presença de um intermediador para fazer o meio de campo. Sem esse personagem, nem mesmo a atual direção da Apeoc teve força para encerrar a greve mais cedo, apesar de terem tentado. Esse talvez seja um dos males causados pela submissão do parlamento ao governo.


Seja o primeiro a comentar

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Troca de Links - Parceiros RSS Search Site no Esquillo Directorio Twingly BlogRank Teaching Blog Directory GoLedy.com Divulgue seu blog! Blogalaxia BRDTracker Directory of Education/Research Blogs Top Academics blogs Education and Training Blogs - BlogCatalog Blog Directory blog directory Blog Search: The Source for Blogs Submit Your Site To The Web's Top 50 Search Engines for Free! Sonic Run: Internet Search Engine Estou no Blog.com.pt
http://rpc.twingly.com/

  ©Trabalhos Feitos / Trabalhos Prontos - Todos os direitos reservados.

Template by Dicas Blogger | Topo