Professor de CG trocava merenda por sexo

Os pais das crianças vítimas de abuso sexual na Escola Municipal Ageu Genuíno da Silva, no bairro da Ramadinha I, revelaram que o professor Malaquias Figueira, 58, acusado do crime, ameaçava os alunos de ficarem sem merenda caso algum deles contasse para alguém os abusos cometidos. Ele também seduzia as crianças, com idade entre sete e dez anos, presenteando-as com mochilas e vídeo games. Ele foi indiciado por estupro de vulnerável. Os pais descobriram também que os abusos aconteciam desde 2008.

Eles denunciaram o caso ao Conselho Tutelar e à Delegacia de Repressão aos Crimes contra a Criança e o Adolescente. A dona de casa Maria José Costa, 33, contou que as duas filhas, de oito e dez anos, foram vítimas dos abusos sexuais cometidos pelo professor. O primeiro caso foi registrado no final de 2008, mas com medo, a criança não contou a ela e foi somente em maio deste ano, que a segunda vítima procurou ajuda da mãe. “Ela chegou em casa muito pálida, assustada e com a roupa desensacada, eu perguntei o que tinha acontecido e ela contou que o professor mandou ela ficar sozinha na sala de aula com ele, pra ajudar a desligar os computadores, e levantou a blusa da farda”, contou.

Ela explicou que um sobrinho dela, um garoto de oito anos, também foi vítima das investidas do professor no final de 2008. “Ele sempre atacava as meninas dentro do colégio, mas os meninos ele convidava pra ir a casa dele e oferecia videogames, mochilas, todo tipo de brinquedo. Ele dizia que a mulher dele estava trabalhando e que se sentia sozinho e que queria jogar videogame com os meninos. Para as minhas filhas ele não deu presente nenhum porque elas me contaram, mas as outras crianças recebiam presentes e as mães sem saber porquê”, explicou Maria José.

O caso foi denunciado à Secretaria de Educação do município e ao Ministério Público. A Delegacia de Repressão de Crimes contra a Infância e Adolescente. Ele trabalhava como professor polivalente e estava sendo investigado há dois meses.O promotor da Infância e Juventude, do município, Hebert Targino, explicou que uma sindicância administrativa foi aberta. “O inquérito foi concluído e foi constatado que ele abusava sexualmente das crianças. Uma das crianças disse que ele acariciava as partes íntimas dela.

O inquérito foi encaminhado para a justiça, o professor foi indiciado e aberta uma sindicância administrativa junto à Secretaria de Educação do município”, explicou. Para ele, o caso serviu de alerta para a intensificação de fiscalizações por parte dos coordenadores pedagógicos. “É um chamamento para os gestores das escolas, que devem estar atentos à postura dos professores”, revelou. O secretário de educação do município, Flávio Romero, confirmou o afastamento do professor. “Temos mais de dois mil professores na cidade. Esse foi um fato isolado, de uma pessoa que tem distúrbio de comportamento”, disse Flávio Romero.

A diretora da escola Municipal Ageu Genuíno da Silva evitou comentar o assunto e disse querer evitar a exposição das crianças.


http://www.paraiba.com.br

Seja o primeiro a comentar

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Troca de Links - Parceiros RSS Search Site no Esquillo Directorio Twingly BlogRank Teaching Blog Directory GoLedy.com Divulgue seu blog! Blogalaxia BRDTracker Directory of Education/Research Blogs Top Academics blogs Education and Training Blogs - BlogCatalog Blog Directory blog directory Blog Search: The Source for Blogs Submit Your Site To The Web's Top 50 Search Engines for Free! Sonic Run: Internet Search Engine Estou no Blog.com.pt
http://rpc.twingly.com/

  ©Trabalhos Feitos / Trabalhos Prontos - Todos os direitos reservados.

Template by Dicas Blogger | Topo