Estrategia e Inovaçao de Michael Porter a Christensen.

 
Os desafios dos gestores e executivos empresariais vêm crescendo de forma aparente pela complexidade e pela dinâmica do mundo moderno ou pelas dificuldades de encontrar, no tempo adequado, respostas para a competição, cada vez mais acirrada. Competição esta causada por vários fatores; entre eles, a China que se destaca com o seu modelo de utilização de mão-de-obra barata e a alta velocidade com que as informações de análise de mercado são disponibilizadas, em que todos podem ter acesso a dados e relatórios produzidos por agências, bancos e universidades, enfim, um arsenal de informação à disposição de todos aqueles que têm acesso à tecnologia.

 O desafio é desenhar um quadro que possa orientar os dirigentes e gestores na complexa tarefa de identificar oportunidades de inovação e as suas estratégias de atuação em um mercado cada vez mais dinâmico e ávido por respostas imediatas.  Nesse contexto, é oportuno e pertinente um estudo sobre os elementos para a criação de um modelo que possa constituir um ferramental adicional para aqueles que têm a responsabilidade de elaborar, orientar e programar as ações na busca de resultados para a empresa.
 

 Pressuposto conceitual do Modelo D.E.I

 O livro parte do pressuposto de que existe uma relação entre cada etapa da difusão das inovações, da estratégia e da inovação adotada. Portanto, uma visão coordenada e estruturada entre essas disciplinas deveria compor um todo, e não serem analisadas isoladamente. Para que assim, os gestores de empresas possam avaliar qual a melhor combinação de conteúdo estratégico e de inovação, tendo como referência o momento da difusão da inovação.

 
O desafio é apresentar uma estrutura conceitual capaz de fornecer elementos aos gestores. Essa estrutura pretende ser uma ferramenta de uso prático na orientação, debate e sugestão a esses profissionais. Nesse sentido, pretende envolver as disciplinas de estratégia e inovação e as decisões que são necessárias, que acompanham a rotina de gestores e dirigentes de empresas. Portanto, a idéia é dar elementos para as discussões nas tomadas de decisões; tais elementos partem de um arcabouço teórico conceitual (estrutura conceitual) que é o modelo DEI (difusão, estratégia e inovação) sugerido neste livro. Esse modelo auxilia na estruturação de uma visão ordenada partindo do conceito de difusão de inovações, da escolha de uma estratégia e de inovação.
 
 
    Fonte: Elaborado por Francisco Rodrigues Gomes (2007. pág.162)
 
As perguntas que o modelo proposto tem a intenção de responder e, desta forma, contribuir com os gerentes e executivos de organização.

Perguntas para o modelo de Difusão da Inovação, Estratégia e Inovação – DEI

Abaixo, destacam-se nove perguntas que o modelo poderá contribuir para responder.

a) Contextualizando o modelo através da visão da difusão das inovações:

1) Qual a postura estratégica e inovativa para se abordar uma fase de difusão de inovação composta por indivíduos de um grupo social de inovadores e adotantes iniciais?

2) Qual a postura estratégica e inovativa para se abordar uma fase de difusão de inovação composta por indivíduos de um grupo social de maioria precoce e tardia?

3) Qual a postura estratégica e inovativa para se abordar uma fase de difusão de inovação composta por indivíduos de um grupo social de retardatários?

b) Contextualizando o modelo através da visão estratégica:

4) Dentro de uma estratégia de liderança de produto, que novos benefícios ou atributos no produto atual despertariam o interesse no grupo de inovadores e adotantes iniciais?

5)Dentro de uma estratégia de intimidade com o cliente e/ou lock-in do sistema, que melhorias nos atributos mais valorizados pelo grupo de maioria precoce e tardia deveriam ser adotadas?

6) Dentro de uma estratégia de excelência operacional de critérios tradicionais de avaliação do mercado, quais deveriam ter um desempenho muito bom?

c) Contextualizando o modelo através da visão de inovação:

7) Para uma inovação de caráter disruptivo, que fase da difusão da inovação e que postura estratégica são necessárias para que haja um melhor encaminhamento dessa inovação?

8) Para uma inovação de caráter sustentadora, que fase da difusão da inovação e que postura estratégica são necessárias para que haja um melhor encaminhamento dessa inovação?

9) Para uma inovação de caráter disruptivo de baixo mercado, que fase da difusão da inovação e que postura estratégica são necessárias para que haja um melhor encaminhamento dessa inovação?


Mais sinopses sobre Difusao de Inovaçoes,Estrategia e a Inovaçao.O Modelo d.e.i para Exec.


Seja o primeiro a comentar

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Troca de Links - Parceiros RSS Search Site no Esquillo Directorio Twingly BlogRank Teaching Blog Directory GoLedy.com Divulgue seu blog! Blogalaxia BRDTracker Directory of Education/Research Blogs Top Academics blogs Education and Training Blogs - BlogCatalog Blog Directory blog directory Blog Search: The Source for Blogs Submit Your Site To The Web's Top 50 Search Engines for Free! Sonic Run: Internet Search Engine Estou no Blog.com.pt
http://rpc.twingly.com/

  ©Trabalhos Feitos / Trabalhos Prontos - Todos os direitos reservados.

Template by Dicas Blogger | Topo