'Desconto' em dívida do Fies vai a votação nesta semana, diz ministro

O ministro da Educação, Fernando Haddad, anunciou nesta segunda-feira (14), em São Paulo, que a Câmara dos Deputados deverá votar, ainda nesta semana e em regime de urgência, o projeto que permitirá que os estudantes de cursos de licenciatura egressos de boas universidades particulares amortizem a dívida do financiamento estudantil dando aulas em escolas públicas. A medida também beneficia alunos formados nas áreas de saúde que forem trabalhar na rede pública.

Segundo o ministro, os estudantes que entrarem em universidades a partir do primeiro semestre de 2010 já poderão ter esse benefício, desde que atinjam uma pontuação minima no Exame Nacional do Ensino Médio (Enem). Após ser votado na Câmara, o projeto irá para o Senado.

A proposta, de acordo com o ministro, não impedirá que os universitários beneficiados trabalhem também em instituições particulares, no caso dos professores. "Eles terão de cumprir um regime de 20 horas na escola pública. Mas poderão atuar também em outras escolas." Cada mês trabalhado nesse regime, em escola pública, eliminaria 1% da dívida.

Essa nova modalidade do Programa de Fianciamento Estudantil (Fies), diz o ministro, vai incluir apenas universidades particulares bem avaliadas pelo Sistema Nacional de Avaliação da Educação Superior (Sinaes), que considera a avaliação das instituições, dos cursos e também o desempenho dos estudantes.

Segundo Haddad, o objetivo é atrair bons alunos para o magistério. "Vamos atrair mais talentos se o jovem considerar que tem um piso nacional garantido, diretrizes de carreira e que não pagará pelo ensino. Dar aula é algo muito prazeroso, diferente de trabalhar numa fábrica, por exemplo. É um ambiente muito estimulante", diz. "Com isso, assumimos que é dever do estado formar os professores, independentemente da formação pública ou particular."

O ministro, que participou da abertura do seminário Desafios da Conjuntura, organizado pela organização Ação Educativa em São Paulo, fez um balanço dos dois anos do Plano de Desenvolvimento da Educação (PDE) -- espécie de PAC da Educação, que inclui mais de 40 ações articuladas, com foco no ensino básico. "Apesar de considerar um desafio enorme, com metas exigentes, acredito que a rota já está traçada."

Ele comparou a decisão do MEC de suspender a realização de vestibular em dez cursos de Pedagogia do país a "consertar um carro de Fórmula 1 durante a prova". "Pela primeira vez, temos um marco regulatório que permite ao MEC tomar providências em relação aos cursos que não atingem um conceito satisfatório." Ele nega que haja qualquer "perseguição" às instituições atingidas pela medida.


g1.globo.com

Seja o primeiro a comentar

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Troca de Links - Parceiros RSS Search Site no Esquillo Directorio Twingly BlogRank Teaching Blog Directory GoLedy.com Divulgue seu blog! Blogalaxia BRDTracker Directory of Education/Research Blogs Top Academics blogs Education and Training Blogs - BlogCatalog Blog Directory blog directory Blog Search: The Source for Blogs Submit Your Site To The Web's Top 50 Search Engines for Free! Sonic Run: Internet Search Engine Estou no Blog.com.pt
http://rpc.twingly.com/

  ©Trabalhos Feitos / Trabalhos Prontos - Todos os direitos reservados.

Template by Dicas Blogger | Topo