Apenas 39% das escolas do país têm acesso à rede de esgoto sanitário, aponta estudo

Apenas 39,27% das mais de 198 mil escolas do Brasil têm rede de esgoto sanitário, segundo estudo divulgado nesta quinta (2), em São Paulo, pelo Instituto Trata Brasil. O trabalho, que se baseou no Censo Escolar de 2007, do Ministério da Educação, levou em consideração 79 cidades brasileiras com mais de 300 mil habitantes.

"A principal vítima da falta de saneamento básico são as crianças", afirmou o pesquisador Marcelo Néri, chefe do Centro de Políticas Sociais, vinculado ao Ibre (Instituto Brasileiro de Economia), da Fundação Getulio Vargas.

Segundo o estudo, 62,25% das escolas têm rede de água; 87,65% contam com energia elétrica e 61,11% fazem coleta periódica de lixo.

"O saneamento é o esgoto das estatísticas sociais. E isso traz consequências sérias para o país, com pessoas que deixam de trabalhar, crianças que perdem aula, crianças que morrem", destacou o pesquisador.

De acordo com o levantamento, 7,28% das pessoas que não têm rede de coleta de esgoto perderam dias de trabalho nas duas últimas semanas por motivo de doença, que podem estar associadas à ausência do serviço. Desse total, 0,51% deixou de trabalhar por causa de diarréias e vômitos.

Os dados se basearam na Pnad (Pesquisa Nacional por Amostragem Domiciliar) de 2003, elaborada pelo IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística).

A falta de saneamento básico também pode ser uma das explicações para os 5,92% de estudantes, até 17 anos, terem deixado de realizar quaisquer atividades habituais por motivo de saúde.

"A falta de saneamento implica pior desenvolvimento humano em todas as dimensões, em particular na saúde. A falta de saneamento rouba a vida e mata crianças, principalmente de um a seis anos de idade e também traz consequências futuras para aqueles que sobrevivem às doenças do saneamento", disse Néri.

De acordo com ele, o Brasil só poderá ser um país de futuro quando resolver o problema da falta de saneamento. "Na situação de crise que nos encontramos hoje, o abrir e tapar buracos para fazer a roda da economia girar são mais fundamentais ainda." Para ele, quando isso for feito, pode-se também investir em obras de saneamento. "Isso vai gerar emprego e vai gerar um efeito de longo prazo, melhorando o Brasil. Se a gente não resolver a situação básica do saneamento, não vai ser um país do futuro", afirmou o pesquisador.



Fonte:  educacao.uol.com.br

Seja o primeiro a comentar

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Troca de Links - Parceiros RSS Search Site no Esquillo Directorio Twingly BlogRank Teaching Blog Directory GoLedy.com Divulgue seu blog! Blogalaxia BRDTracker Directory of Education/Research Blogs Top Academics blogs Education and Training Blogs - BlogCatalog Blog Directory blog directory Blog Search: The Source for Blogs Submit Your Site To The Web's Top 50 Search Engines for Free! Sonic Run: Internet Search Engine Estou no Blog.com.pt
http://rpc.twingly.com/

  ©Trabalhos Feitos / Trabalhos Prontos - Todos os direitos reservados.

Template by Dicas Blogger | Topo