Poesias dispersas - A SAUDADE [41]

Ao meu primo o Sr. Henrique José Moreira

Meiga saudade! — Amargos pensamentos

A mente assaltam de valor exausta,

Ao ver as roxas folhas delicadas

Que singelas te adornam.

Mimosa flor do campo, eu te saúdo;

Quanto és bela sem seres perfumada!

Que te inveja o jasmim, a rosa e o lírio

Com todo o seu perfume?

Repousa linda flor, num peito f 'rido,

A quem crava sem dó a dor funesta,

O horrível punhal, que fere e rasga

Um débil coração.

Repousa, linda flor, vem, suaviza

A frágua que devora um peito ansioso,

Um peito que tem vida, mas que vive

Envolto na tristeza!...

Mas não... deixo-te aí causando inveja;

Não partilhes a dor que me consome,

Goza a ventura plácida e tranqüila,

Mimosa flor do campo.

Seja o primeiro a comentar

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Troca de Links - Parceiros RSS Search Site no Esquillo Directorio Twingly BlogRank Teaching Blog Directory GoLedy.com Divulgue seu blog! Blogalaxia BRDTracker Directory of Education/Research Blogs Top Academics blogs Education and Training Blogs - BlogCatalog Blog Directory blog directory Blog Search: The Source for Blogs Submit Your Site To The Web's Top 50 Search Engines for Free! Sonic Run: Internet Search Engine Estou no Blog.com.pt
http://rpc.twingly.com/

  ©Trabalhos Feitos / Trabalhos Prontos - Todos os direitos reservados.

Template by Dicas Blogger | Topo