Poesias dispersas - A GUIOMAR [35]

1892

Ri, Guiomar, anda, ri. Quando ressoa

Tua alegre risada cristalina,

Ouço a alma da moça e da menina,

Ambas na mesma lépida pessoa.

E então reparo, como o tempo voa,

Como a rosa nascente e pequenina

Cresceu, e a graça fresca apura e afina...

Ri, Guiomar, anda, ri, mimosa e boa.

A bela cor, o aroma delicado,

Por muitos anos crescerão ainda,

Ao vivo olhar do noivo teu amado.

Para ti, cara flor, a vida é infinda,

O tempo amigo, longo e repousado.

Ri, Guiomar, anda, ri, discreta e linda.

Seja o primeiro a comentar

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Troca de Links - Parceiros RSS Search Site no Esquillo Directorio Twingly BlogRank Teaching Blog Directory GoLedy.com Divulgue seu blog! Blogalaxia BRDTracker Directory of Education/Research Blogs Top Academics blogs Education and Training Blogs - BlogCatalog Blog Directory blog directory Blog Search: The Source for Blogs Submit Your Site To The Web's Top 50 Search Engines for Free! Sonic Run: Internet Search Engine Estou no Blog.com.pt
http://rpc.twingly.com/

  ©Trabalhos Feitos / Trabalhos Prontos - Todos os direitos reservados.

Template by Dicas Blogger | Topo