Poesias dispersas - A FRANCISCO PINHEIRO GUIMARÃES [24]

Ouviste o márcio estrépito

E a mão lançando à espada

Foste, soldado indômito,

Vingar a pátria amada,

Do universal delírio

Aceso o coração.

Foste, e na luta férvida,

(Glória e terror das almas)

De quais loureiros vividos

Colheste eternas palmas,

Diga-o ao mundo e à história

A boca da nação!

Custa sentidas lágrimas

A glória; a terra bebe

Sangue de heróis e mártires

Que a morte ali recebe;

Da santa pátria o júbilo

Custa a melhor das mães.

Mas tu, audaz e impávido,

No ardor de cem porfias,

A mão dum ser angélico,

Herói, guiou teus dias;

E no amplo livro inscreveu-te

Dos novos capitães!

Se hoje co’as roupas cândidas

Voltou a paz à terra,

Não, não te basta o esplêndido

Louro da extinta guerra;

De outra gentil vitória

A palma aqui terás.

Chamam-te as musas, chama-te

A imensa voz do povo,

Que em seu aplauso unânime

Te guarda um prêmio novo;

Vem lutador do espírito,

Colhe os lauréis da paz.

Seja o primeiro a comentar

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Troca de Links - Parceiros RSS Search Site no Esquillo Directorio Twingly BlogRank Teaching Blog Directory GoLedy.com Divulgue seu blog! Blogalaxia BRDTracker Directory of Education/Research Blogs Top Academics blogs Education and Training Blogs - BlogCatalog Blog Directory blog directory Blog Search: The Source for Blogs Submit Your Site To The Web's Top 50 Search Engines for Free! Sonic Run: Internet Search Engine Estou no Blog.com.pt
http://rpc.twingly.com/

  ©Trabalhos Feitos / Trabalhos Prontos - Todos os direitos reservados.

Template by Dicas Blogger | Topo