Poesias dispersas - 26 DE OUTUBRO [98]

Ventos do mar, que há pouco sussurrando

As vozes dele ouvíeis namorados,

Ventos de terra, agora consternados,

Levai a nova do óbito nefando.

Castigo foi à nossa pátria, quando

Dele esperava alentos renovados,

E sentia viver aos grandes brados

Daquele gênio raro e venerando.

Claro e vibrante espírito, caíste,

Não ao peso dos anos, mas ao peso

Do teu amor à nossa pátria amada.

E ela que fica desvairada e triste,

Chora lembrando o verbo teu aceso,

Filho de Andrada, e portentoso Andrada.

Seja o primeiro a comentar

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Troca de Links - Parceiros RSS Search Site no Esquillo Directorio Twingly BlogRank Teaching Blog Directory GoLedy.com Divulgue seu blog! Blogalaxia BRDTracker Directory of Education/Research Blogs Top Academics blogs Education and Training Blogs - BlogCatalog Blog Directory blog directory Blog Search: The Source for Blogs Submit Your Site To The Web's Top 50 Search Engines for Free! Sonic Run: Internet Search Engine Estou no Blog.com.pt
http://rpc.twingly.com/

  ©Trabalhos Feitos / Trabalhos Prontos - Todos os direitos reservados.

Template by Dicas Blogger | Topo