Ministro dá posse a reitor do instituto federal de Goiás


Primeiro reitor eleito dos institutos federais de educação, ciência e tecnologia a tomar posse, o professor Paulo César Pereira afirmou que a ampliação da Rede Federal de Educação Profissional, Científica e Tecnológica “vem dando prova de que estamos no caminho certo”. Ele foi empossado nesta terça-feira, 30, em solenidade presidida pelo ministro da Educação, Fernando Haddad, na Câmara Municipal de Goiânia.

O reitor, que terá mandato de quatro anos, ressaltou a forma democrática e perspicaz em que está inserida a expansão da rede federal. Os institutos federais, criados pela Lei nº 11.892/2008, assumem a responsabilidade de oferecer o mínimo de 50% de suas vagas para os cursos técnicos de nível médio e o mínimo de 20% para os cursos superiores. “Isso vai proporcionar mais desenvolvimento a um país de 180 milhões de trabalhadores entre 15 e 60 anos e com 80 milhões de analfabetos funcionais”, destacou Paulo César. Os desafios agora, segundo ele, são trabalhar para a implantação de mais quatro novos campi do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia de Goiás: Anápolis, Luziânia e Formosa – previstos para funcionar em 2010 – e Aparecida de Goiânia, em fase de construção do projeto.

O ministro afirmou que os institutos federais “vieram para ficar e são uma conquista definitiva”. Ele disse que sua vinda a Goiânia para empossar o primeiro reitor dos institutos federais na condição de eleito tem significado simbólico. “Não vim fazer um favor. Esse gesto tem significado simbólico em um momento de reconfiguração da rede federal.”

Segundo Haddad, a presença dos institutos federais muda completamente a realidade local e regional onde estão instalados. “O egresso do ensino fundamental tem oportunidades de educação muito transformadoras porque essas instituições operam de acordo com os arranjos produtivos locais, com as potencialidades socioeconômicas, constatadas por meio de pesquisas feitas antes da abertura dos cursos e que vão de acordo com as necessidades regionais.” Ele ressaltou que o jovem colabora com a sua região e não migra para os grandes centros. “O foco passa a ser na comunidade regional em que está inserido o instituto federal.” Essas instituições trazem a mudança na realidade porque são multicampi e estão nas mais variadas localidades, nas meso e microrregiões do país.

Haddad enfatizou ainda que as universidades federais, com abrangência horizontal, e os institutos federais, atuando na verticalização do ensino – desde a educação de jovens e adultos (Proeja) ao mestrado profissional – os dois abrangendo todas as áreas do conhecimento, trazem uma nova realidade à educação brasileira.

“Reconheço a busca pelo aperfeiçoamento do sistema educacional e do desenvolvimento socioeconômico brasileiro feita pelo instituto federal de Goiás. Iniciei minha vida estudantil na Escola Técnica Federal, onde me firmei como pessoa, cidadão”, disse o prefeito de Goiânia, Iris Rezende.

Participaram da cerimônia o secretário de educação profissional e tecnológica do MEC, Eliezer Pacheco, o governador do estado de Goiás, Alcides Rodrigues Filho, reitores dos institutos federais, autoridades municipais, federais e estaduais, representantes de entidades, além de servidores da instituição. 

Assessoria de Imprensa do instituto federal de Goiás
Fonte:Mec

Seja o primeiro a comentar

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Troca de Links - Parceiros RSS Search Site no Esquillo Directorio Twingly BlogRank Teaching Blog Directory GoLedy.com Divulgue seu blog! Blogalaxia BRDTracker Directory of Education/Research Blogs Top Academics blogs Education and Training Blogs - BlogCatalog Blog Directory blog directory Blog Search: The Source for Blogs Submit Your Site To The Web's Top 50 Search Engines for Free! Sonic Run: Internet Search Engine Estou no Blog.com.pt
http://rpc.twingly.com/

  ©Trabalhos Feitos / Trabalhos Prontos - Todos os direitos reservados.

Template by Dicas Blogger | Topo