FE e Prefeitura inauguram Laboratório Interativo de Ciências na EMEF Vicente Ráo


Labi___placa__290x240_.jpg
[30/6/2009] Um espaço que tem a função de realizar experimentos por crianças e adolescentes entre 6 e 16 anos dentro de uma linha interdisciplinar, além de proporcionar interação de acordo com as políticas de projetos da escola. Esse é o Laboratório Interativo de Ciências Prof. Dr. Hilário Fracalanza (Labi), inaugurado na tarde de segunda-feira (29), na Escola Municipal de Ensino Fundamental Vicente Ráo, localizada no Parque Industrial, em Campinas (SP). Fruto de parceria com a Faculdade de Educação (FE) da Unicamp e a Prefeitura Municipal de Campinas, através da Secretaria da Educação, o Labi está equipado com microscópios – financiados pela Fapesp – e outros materiais de laboratório capazes de proporcionar aos alunos o desenvolvimento de experimentos. Além disso, outro objetivo é fazer do laboratório um espaço de socialização, no qual os alunos poderão também assistir filmes e ouvir músicas.

Labi___MarciaSiqueira__290x240_.jpgSegundo a diretora da escola, Márcia Regina Siqueira, a inauguração do Labi é muito importante porque todas as áreas do conhecimento poderão interagir e, dessa maneira, o ensino poderá ter uma nova perspectiva principalmente no que diz respeito à motivação ao aprendizado. “A ideia é que os alunos participem dos experimentos e possam ampliar os conhecimentos adquiridos em sala de aula”, afirmou Márcia. Com relação à parceria com a Facudade de Educação (FE), iniciada em 2005, a diretora disse que isso propiciou a escola pesquisar a sua própria prática. “De uma forma geral, isso promoveu muita interação entre os pesquisadores, promoveu a interdisciplinaridade e, principalmente, favoreceu a aprendizagem dos alunos”, assegurou.
Labi___microscopios__290x240_.jpgPara o coordenador-geral do projeto, professor Pedro Ganzeli, a importância desse trabalho é fundamental, primeiro pela relação direta entre a produção científica e a aplicação dessa ciência. Segundo porque isso também acontece ao mesmo tempo no caminho inverso. “Aqui na escola pública também se produz ciência e nos ajuda a pensar a escola, o conhecimento e a interação entre as partes”, garantiu Ganzeli. Há, segundo o coordenador, melhoria da qualidade de ensino, através da melhoria do trabalho do professor, então o professor passa a ter um “fazer” mais reflexivo e, consequentemente, ele transfere esse pensar aos estudantes. “Os alunos começam a olhar a escola não só como lugar de transmissão de conhecimento, mas de produção e de vivência – vivência essa em que tem o conhecimento colocado como a intermediação das relações”, observou.

A cerimônia de inauguração do Labi contou com a presença de Paulo Sérgio Fracalanza, filho do homenageado – Hilário Fracalanza; o diretor pedagógico da Secretaria Municipal de Educação, Márcio Rogério de Andrade – representando o secretário José Tadeu Jorge; do professor Jorge Megid Neto, da FE, além de professores da EMEF Vicente Ráo e alunos.

Fonte: www.cel.unicamp.br

Seja o primeiro a comentar

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Troca de Links - Parceiros RSS Search Site no Esquillo Directorio Twingly BlogRank Teaching Blog Directory GoLedy.com Divulgue seu blog! Blogalaxia BRDTracker Directory of Education/Research Blogs Top Academics blogs Education and Training Blogs - BlogCatalog Blog Directory blog directory Blog Search: The Source for Blogs Submit Your Site To The Web's Top 50 Search Engines for Free! Sonic Run: Internet Search Engine Estou no Blog.com.pt
http://rpc.twingly.com/

  ©Trabalhos Feitos / Trabalhos Prontos - Todos os direitos reservados.

Template by Dicas Blogger | Topo