Crônicas do Dr. Semana - PRELEÇÕES DE GRAMÁTICA - CAPÍTULO IV

DO ACUSATIVO

O verbo ativo tem depois de si acusativo, que é aquele sujeito, a quem se dirige a significação do verbo. Ex.: A crônica de um guarda-fiscal. A nomeada de tenor do teatro lírico. Os respingos das carroças do asseio público.

O lugar para onde alguém vai, põe-se em acusativo regido da preposição a ou para. Ex.: A alfândega caminha para o caos. Os vapores peruanos vão sossegados para o seu país. A dignidade nacional vai plantar batatas nas margens do Amazonas.

A oração feita pela voz ativa pode mudar-se para a passiva deste modo: o que era acusativo passa para nominativo, com quem o verbo concorda em número e pessoa; e o que era nominativo passa para ablativo. Ex.: Os praticantes do tesouro vão ser oficiais de descarga da alfândega. Os altos funcionários passam a pedir assinatura de porta em porta. Os guardas-fiscais ainda hão de ser vereadores e estes guardas-fiscais.

Seja o primeiro a comentar

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Troca de Links - Parceiros RSS Search Site no Esquillo Directorio Twingly BlogRank Teaching Blog Directory GoLedy.com Divulgue seu blog! Blogalaxia BRDTracker Directory of Education/Research Blogs Top Academics blogs Education and Training Blogs - BlogCatalog Blog Directory blog directory Blog Search: The Source for Blogs Submit Your Site To The Web's Top 50 Search Engines for Free! Sonic Run: Internet Search Engine Estou no Blog.com.pt
http://rpc.twingly.com/

  ©Trabalhos Feitos / Trabalhos Prontos - Todos os direitos reservados.

Template by Dicas Blogger | Topo