Energia Elétrica

Introdução

A energia elétrica é muito importante, pois com ela nós podemos fazer quase tudo! Ela é algo muito raro de se achar.

A energia elétrica é uma coisa que interessa a todos; não interessa só para um rico ou só para um pobre, é importante para todos, todos mesmo! Não basta somente economizarmos, temos que tomar providências.

  

Eletricidade

 

Energia elétrica ou eletricidade é como se chamam os fenômenos em que estão envolvidas cargas elétricas. Ela pode ser gerada através de fontes renováveis de energia (a força das águas e dos ventos, o sol e a biomassa), ou não renováveis (combustíveis fósseis e nucleares). No Brasil, existem muitos rios. Portanto, a energia hidráulica é mais utilizada do que as outras. Mas também existem usinas termelétricas no País.

O processo de transformação da energia elétrica é parecido com o que fazia funcionar os moinhos de água. Durante muito tempo eles foram bastante utilizados para moer grãos. A água dos rios dava impulso as rodas d’água. Essas rodas, por sua vez, faziam girar as pás dos moinhos.

Nas hidroelétricas, a água dos rios, armazenada em reservatórios, faz girar enormes pás. Elas acionam grandes motores, chamados de turbinas, que são responsáveis pela geração de eletricidade. Este é um exemplo da transformação da energia hídrica em energia elétrica.

Ao ser gerada, a energia elétrica é conduzida por cabos até a subestação elevadora. Lá, transformadores elevam o valor da tensão elétrica (voltagem). Em alta voltagem, a eletricidade pode percorrer longas distâncias. Ao chegar próximo onde será consumida, a voltagem da energia é reduzida novamente, através de transformadores.

Os raios de uma tempestade, quando um deles cai sobre um animal, por exemplo, a descarga elétrica é tão forte que pode até mata-lo.

 

Eletricidade no Brasil

1879 – A eletricidade começou a ser usada no Brasil, na Europa e nos Estados Unidos, logo após o invento do Dínamo e da Lâmpada Elétrica. No mesmo ano, D. Pedro II inaugurou a iluminação da estrada de ferro.

1881 – A primeira iluminação externa pública do País foi inaugurada na atual Praça de República, em São Paulo.

1883 – Entrou em operação a primeira usina hidrelétrica do País, instalada na cidade de Diamantina, Minas Gerais. D. Pedro II inaugurou, na cidade de Campos, o primeiro serviço público municipal de iluminação elétrica do Brasil e da América do Sul.

1889 – Começou a funcionar a primeira hidrelétrica de grande porte no País, a Marmelos-Zero, da Companhia Mineira de Eletricidade.

1892 – Os bondes movidos à energia elétrica foram instalados de forma permanente no Rio de Janeiro.

1899 – Criação da São Paulo Light.

1903 – O primeiro texto de lei disciplinando o uso de energia elétrica no País foi aprovado pelo Congresso Nacional.

1908 – Entrou em operação a usina hidrelétrica Fontes Velha, a maior do Brasil e uma das maiores do mundo.

1937 – O presidente Getúlio Vargas inaugurou, no Rio de Janeiro, o primeiro trecho eletrificado da Estrada de Ferro da Central do Brasil.

1939 – O presidente Getúlio Vargas criou o Conselho Nacional de Águas e Energia (CNAE) para sanear os problemas de suprimento, regulamentação e tarifa referentes à indústria de energia elétrica do País.

1943 – Começaram a ser criadas várias empresas estaduais e federais como a Celg, Chesf, Cemig, Copel, Celesc, Cemat, Escelsa, Furnas, Coelba, Cemar, entre outras.

1952 – Criado o Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico (BNDES) para atuar nas áreas de energia e transporte.

1960 – Criação do Ministério das Minas e Energia.

1961– Criação da Eletrobrás.

1963 – Começou a funcionar a usina de Furnas, permitindo interligação dos estados do Rio de Janeiro, Minas Gerais e São Paulo.

1965 – Criado o Departamento Nacional de Águas e Energia, encarregado da regulamentação dos serviços de energia elétrica no País.

1979 – Compra da Light – Serviços de Eletricidade pelo Governo Federal.

1984 – Entrada em operação da usina de Itaipu, a maior hidrelétrica do mundo.

1985 – Criação do Programa Nacional de Combate ao Desperdício de Energia Elétrica (Procel). Entrou em operação a Usina Termonuclear Angra I, primeira usina nuclear do Brasil.

1998 – O Mercado Atacadista de Energia Elétrica (MAE) foi regulamentado, consolidando a distinção entre as atividades de geração, transmissão, distribuição e comercialização de energia elétrica. Foram estabelecidas as regras de organização do Operador Nacional do Sistema Elétrico (NOS), para substituir o Grupo Coordenador para Operação Interligada (GCOI).

Racionamento

 

Para todos nós, poupar energia era coisa de gente que não tinha dinheiro para pagar as contas. Hoje em dia, poupar energia é um dever de todos nós, isto é, se não quisermos ficar sem ela.

O Brasil está sofrendo uma crise energética. As usinas hidroelétricas já não têm o mesmo volume de água, portanto não produzem tanta energia quanto antes. E o povo brasileiro tem que racionar energia, mas a maior parte da população não está conseguindo atingir a meta de consumo.

O racionamento de energia está acontecendo por causa dos baixos níveis dos rios, principalmente do Rio São Francisco, onde ficam três hidroelètricas, inclusive uma das maiores do Brasil. Tudo isto está acontecendo graças à seca no nosso país.

Para racionar energia é preciso: colocar lâmpadas fluorescentes, reduzir o tempo de banho quente, usar menos os eletrodomésticos, não ficar muito tempo com a porta da geladeira aberta, apagar as luzes sempre que puder, não usar muito o computador, etc. Com essas dicas fica mais fácil racionar energia.

 

Dicas de economia

Lâmpadas

•  Utilize a iluminação natural, abrindo janelas, cortinas e persianas.

•  Limpe regularmente paredes, janelas, pisos e forros, luminárias e demais aparelhos de iluminação. A superfície limpa reflete melhor a luz.

•  Não pinte com cores escuras halls dos elevadores, escadas e corredores.

•  Substitua luminárias antiquadas ou quebradas por outras de fácil limpeza e, de preferência, com lâmpadas expostas.

•  O acrílico e o globo absorvem grande parte do fluxo luminoso. Retire-os.

•  Prefira lâmpadas mais baixas e de potência reduzida no hall social, na entrada e na marquise do prédio. Lâmpadas incandescentes embutidas no teto em locais como esses têm pouca eficiência, muito aquecimento e vida útil curta por falta de ventilação adequada.

•  Substitua lâmpadas de 100 watts por de 60 ou 40 watts.

•  Substitua lâmpadas incandescentes por fluorescentes compactas.

•  Refaça a instalação dos circuitos de interruptores para permitir o desligamento parcial de lâmpadas em desuso ou desnecessário.

•  Em locais onde houver muitas lâmpadas acesas, faça desligamento alternado.

•  Instale interruptores individuais comuns em lâmpadas comandadas em grupo.

•  Nas garagens, ilumine as áreas de circulação de veículos, e não diretamente os boxes.

•  Rebaixe as luminárias instaladas entre as vigas do teto da garagem.

•  Use uma única lâmpada de maior potência no lugar de várias lâmpadas de menor potência. Tratando-se de lâmpadas de um mesmo tipo, as de maior potência são em geral mais eficientes que as de potência menor.

•  Em áreas externas (jardins, estacionamentos, áreas de lazer etc.), utilize lâmpadas a vapor de sódio a alta pressão. Avalie a possibilidade de instalar fotocélulas ou temporizadores para controle de iluminação.

•  Minuteria é um dispositivo elétrico que permite manter a luz acesa temporariamente, apagando sozinha depois.

Eletrodomésticos

•  Ao comprar eletrodoméstico, prefira os que têm selo Procel de Economia de Energia.

•  Evite usar aparelhos elétricos no horário de ponta do sistema elétrico, entre as 18 e 21 horas.

•  Passe as roupas de uma vez só. Evite ligar o ferro elétrico em horários de ponta. Passe primeiro roupas mais delicadas e aproveite, depois de desligar, para passar roupas leves.

•  Aproveite o timer da televisão e de outros aparelhos (som, videocassete etc.) para programar o desligamento automático dos mesmos.

Geladeira

•  Instale a geladeira em local ventilado, longe do fogão, de aquecedores ou do sol.

•  Não utilize a parte traseira da geladeira ou freezer para secar roupas.

•  Não deixe acumular mais de um centímetro de espessura de gelo no refrigerador. Faça degelo periodicamente.

•  Faça um teste para ver se é preciso trocar a borracha de vedação da porta de sua geladeira: ao fechar a porta, prenda uma folha de papel e tente retirá-la. Se ela deslizar e sair facilmente, a borracha precisa ser trocada. Teste em toda a extensão da porta.

•  Não guarde alimentos quentes na geladeira.

•  Abra a geladeira o mínimo possível.

•  Não forre as prateleiras com plásticos ou vidros.

•  Evite desligar a geladeira para ligar depois. Ao ser religada, ela gasta mais energia para resfriar novamente.

Chuveiro

•  Cerca de 25% da energia de sua residência é gasta com o chuveiro. Deixe a chave sempre na posição menos quente (verão), para evitar maior consumo.

•  Feche o chuveiro quando for se ensaboar.

Ar condicionado

•  Regule o termostato para manter a temperatura adequada no ambiente.

•  Desligue quando o ambiente estiver desocupado.

•  Mantenha janelas e portas fechadas quando o aparelho estiver ligado.

•  Não tape a saída de ar do aparelho.

•  Mantenha limpos os filtros do aparelho.  

Máquina de lavar roupa e secadora

•  Utilize a capacidade máxima do aparelho, conforme indicação do fabricante.

•  Use a dose certa de sabão especificada no manual para evitar repetir operações de enxágüe.

•  Mantenha o filtro sempre limpo.

Local de trabalho

•  Ligue o ar condicionado uma hora após o início do expediente e desligue uma hora antes do fim.

•  Em horários de menor movimento, mantenha apenas um elevador funcionando.

•  Acione apenas o botão do elevador que corresponda ao que você deseja, subir ou descer.

•  O monitor gasta tanto quanto uma lâmpada de 100 watts. Se não puder desligar o computador, desligue ao menos o monitor quando não o estiver utilizando.

•  Instrua os funcionários a desligarem as lâmpadas de ambientes não ocupados, salvo aquelas que contribuam para a segurança. 

 

 

Curiosidades

·        Você sabia que 2 minutos de banho quente equivale à uma hora de televisão?

 

·        O Horário de Verão é um artifício inventado nos Estados Unidos onde 70% da eletricidade é produzida em Usinas Térmicas. Economizando energia elétrica, economiza-se milhares de litros de óleo combustível. O Horário de Verão aplicado no Brasil, resulta em uma economia de milhões de litros de água.

 

·        Inventaram um clube chamado "Clube do apagão''. Esse clube é contra o racionamento de energia (contra o governo).

 

·        A tabela abaixo apresenta alguns valores de custo de produção de energia elétrica nos diversos tipos de usinas. A eletricidade produzida em usinas hidráulicas são as mais baixas do mundo e ainda vale a máxima em que a escala diminui o custo.

 


CUSTO MÉDIO DE PRODUÇÃO, POR KILOWATT INSTALADO

Energia Nuclear

US$ 10.000

Energia Térmica

US$ 5.000

Energia Hidráulica (micro usina)

US$ 1.600

Energia Hidráulica (mini usina)

US$ 800

Energia Hidráulica (grades usinas)

US$ 400

 

Como você pode verificar, o custo de produção de eletricidade a partir da energia hidráulica é a mais baixa de todas as formas de geração de eletricidade. No Brasil, cerca de 97% da eletricidade é gerada em usinas hidroelétricas.  

Na economia globalizada que vivemos no mundo de hoje, deveríamos tirar proveito disso e dar preferência a produtos com alto valor agregado de eletricidade. Seríamos imbatíveis no mundo. Em vez disso, existem empresários que ainda teimam em dar preferência a processos com alta agregação de mão de obra, que no caso brasileiro é uma das mais caras do mundo.

(Copiado, na íntegra, do site http://www.coladaweb.com/ )

Seja o primeiro a comentar

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Troca de Links - Parceiros RSS Search Site no Esquillo Directorio Twingly BlogRank Teaching Blog Directory GoLedy.com Divulgue seu blog! Blogalaxia BRDTracker Directory of Education/Research Blogs Top Academics blogs Education and Training Blogs - BlogCatalog Blog Directory blog directory Blog Search: The Source for Blogs Submit Your Site To The Web's Top 50 Search Engines for Free! Sonic Run: Internet Search Engine Estou no Blog.com.pt
http://rpc.twingly.com/

  ©Trabalhos Feitos / Trabalhos Prontos - Todos os direitos reservados.

Template by Dicas Blogger | Topo